Filmes

Happy Birthday, dear Marilyn Monroe: Filmografia | A Vida Acontece

20:21


Hoje faz uma semana do aniversário de Marilyn Monroe e por aqui ainda é tempo de comemorar. Trouxemos alguns filmes da carreira da diva pra você poder escolher qual clássico você quer assistir.
Vamos começar!

Niagara (1953):
A gente já começa com um filme noir, cheio de suspense e super polêmico pra época, no qual a loira interpretava uma mulher casada e tinha um amante. Os dois planejavam a morte do marido quando conheceram um outro casal no Niagara.


Os homens preferem as loiras (1953):
É um musical e Marilyn interpreta Lorelei Lee, uma corista apaixonada por diamantes. Planeja se casar com um homem muito rico, porque pensava que só assim conseguiria comprar as pedras preciosas dada sua condição financeira.


Como agarrar um milionário (1953):
No filme, Marilyn é Pola. Ela e duas amigas alugam uma cobertura poderosíssima em Nova Iorque, a fim de atrair alguns homens que poderiam se casar. As coisas começam a desandar quando, por causa do pouco dinheiro, começam a penhorar os móveis da casa alugada (sem o conhecimento do dono).  Depois é muita confusão e glamour, como sempre.


O pecado mora ao lado (1955):
Uma nova vizinha (Marilyn Monroe) se muda para o andar de cima do apartamento de um casal, cuja mulher foi passar a temporada de verão no interior para fugir do calor novaiorquino. Richard (o marido do andar de baixo) se vê  muito atraído pela nova vizinha e começa a ter delírios e alucinações que perpassam entre o desejo e a paranoia.


Nunca fui santa (1956):
O primeiro que destoa dos gêneros de filmes que a loira vinha fazendo. É um drama que rendeu a Marilyn um Globo de Ouro.
Conta a história de uma cantora que sonha em ser famosa em Hollywood. Um cowboy acaba se apaixonando por ela e a trata como uma de suas vaquinhas [sério, é isso mesmo]


O príncipe encantado (1957):
Um príncipe conhece uma showgirl, interpretada por Merilyn, e fica encantadíssimo! Resolve chamá-la pra jantar e aí começa um jogo de sedução entre os dois e muitas situações esquisitas e constrangedoras.


Quanto mais quente melhor (1959):
Dois músicos presenciam um crime e fogem. Para não serem reconhecidos, se vestem de mulher e entram em uma banda só de mulheres. Só nessa frase vocês viram que não vai faltar confusão no filme, né?!


Adorável pecadora (1960):
O filme é uma adaptação de um musical e gira em torno de um rapaz que é muito mulherengo e rico e que de repente se vê apaixonado por Amanda (Marilyn Monroe) e faz de tudo para conquistá-la. Contudo, a bela parece estar interessada por um outro rapaz. E aí, o que será que acontece?


Os desajustados (1961):
O último filme que Marilyn gravou por completo.
O filme conta a história de três amigas que decidem ir a um bar e acabam, cada uma, se apaixonando por um cowboy. Roslyn (Marilyn Monroe), decide ir morar com um deles, Gay. Contudo, ao longo da trama, descobre que ele quer capturar cavalos selvagens para levar para o abatedouro para que possam virar comida de cachorro, o que a deixa desesperada.


Something's got to give (1962):
É um filme que não foi finalizado por conta da morte da atriz Marilyn Monroe. Contudo, ainda é possível ver até onde foi filmado, tendo este 37 minutos de duração. O filme conta a história de uma mulher que se perdeu no Pacífico e que retorna depois de anos à sua casa depois de dada como morta. Seu marido já casado com outra e seus filhos não se lembram mais dela.
Acho que poderia render um novo Globo de Ouro para a atriz, se a fatalidade não tivesse acontecido.









POSTS QUE VOCÊ PODE GOSTAR

0 comentários